Contribuição para o estudo da reação de fixação do complemento em lepra

Autor

Almeida, Jose Oliveira de

Data

1958

Descrição

99 p.

Idioma

Português

Nota

Provimento de cátedra

Resumo da tese

RESUMO GERAL E CONCLUSÕES
1 - A reação de fixação do complemento em sôro de lepra com antígenos preparados de bacilos da tuberculose se deve à atividade haptênica dos fosfatídeos ácidos complexos ligados à carboidratos e solúveis em piridina.
2 - O efeito anticomplementar dos antígenos solúveis em piridina é corrigido pela lecitina; efeito semelhante se observa nos antígenos aquosos do bacilo da tuberculose.
3 - As reações entre antígeno, anticorpo e complemento, podem ser melhor estudadas por meio das "curvas de isofixação" obtidas por projeção de antígeno contra sôro, o complemento sendo mantido constante.
4 - A curva de isofixação em seu ramo vertical permite determinar as condições necessárias para a titulagem de antígenos e também a influência da quantidade de sôro presente na reação sôbre os parâmetros da linha de regressão: antígeno-complemento.
5 - O ramo horizontal da curva de isofixação indica as condições nas quais se deve processar a titulagem do sôro. A influência da dose de antígeno empregada sobre os parâmetros da linha de regressão sôro-complemento poude ser apreciada e dada uma correta interpretação.
6 - A dose de antígeno a ser usada numa titulagem de sôro é aquela que não afeta o relativo paralelismo das curvas de isofixação. Então, complemento fixado será função linear da quantidade de sôro presente.
7 - A parte da curva de isofixação que liga os dois ramos assintóticos, traduz a suplência observada entre sôro e antígeno e indica as condições em que a fixação do complemento depende tanto da quantidade de sôro presente, como da quantidade de antígeno usado. Nesse caso a titulagem de qualquer um desses elementos não poderá ser feita. '
8 - Para a titulagem de soros, por método simplificado, fatores de conversão são utilizados. Esses fatores foram determinados para o sistema lepra onde os valores de h sofrem marcada influência da quantidade de complemento necessário para 50% de hemó1ise, pois há estreita dependência entre a percentagem de complemento fixado e a inclinação da linha de regressão logaritmo de complemento contra logitos de hemólise.
9 - A padronização da reação de fixação do complemento exige a reprodutibilidade das partidas de antígenos. Métodos de análise sequêncial foram então adotados' para o sistema lepra e tabelas construidas para maior facilidade de uso e precisão de resultados, com o menor número possível de observações.
10 - A reprodutibilidade dos antígenos solúveis em piridina é maior que a observada com os antígenos aquosos; sua estabilidade é também superior e não se observou, em um ano, qualquer alteração de suas propriedades.
11 - O estudo da reação entre sôro de lepra e antígenos solúveis em piridina sugere a aplicação da reação de fixação do complemento quantitativa para contrôle sorológico da leprose, não só como meio diagnóstico auxiliar, como também para avaliar sorológicamente o efeito das drogas modernamente utilizadas para seu tratamento.

Local

São Paulo

Arquivos

CT_01_Almeida_1958.pdf

Coleção

Referência

Almeida, Jose Oliveira de, “Contribuição para o estudo da reação de fixação do complemento em lepra,” e-Coleções FSP/USP, acesso em 18 de maio de 2024, https://colecoes.abcd.usp.br/fsp/items/show/3278.

Formatos de Saída

Relações entre os itens

This item has no relations.